Mas antes de tudo...

Porque o CPF? De acordo com artigo 5º da Resolução nº 1.638/2002 do CFM, somos obrigados a identificar os pacientes, para proteger os dados de forma individualizada. E no Brasil, o CPF é o único documento não repetitivo.

Lembre-se que as informações sobre profissionais e serviços são responsabilidades dos anunciantes.